Nossa homenagem ao companheiro Aldo Matias de Araújo

Site DSC 3444
Site DSC 3444
A produção do programa Cantos & Contos, apresentadores, fãs, patrocinadores, apoiadores e toda a equipe do Bessa Grill, onde o programa é gravado, amanheceu muito triste nesta segunda-feira, 05 de setembro, ao tomar conhecimento do falecimento do nosso companheiro Aldo Matias Araújo.

Na recente gravação do Cantos & Contos, na quarta-feira, 31 de agosto, muita gente sentiu a falta de Seu Aldo, uma vez que ele sempre estava presente, munido de sua câmera fotográfica, registrando os shows e os amigos.

Na verdade, ele já estava internado no Hospital Napoleão Laureano, recebendo cuidados médicos. Para a nossa tristeza, veio a óbito na madrugada de hoje, nos deixando um vazio enorme na mesa que sempre ocupava; a primeira do lado esquerdo de quem está olhando o palco, onde os artistas se apresentam.

Calado, mas muito espirituoso, era um complemento mais que perfeito para a irrequieta D. Cícera, com quem compartilhou quatro décadas de casamento.

Fica aqui a nossa singela homenagem a um fã da música nordestina que, de tanto participou conosco nas gravações do programa, tornando-se um membro dessa família grandiosa que é o Cantos & Contos.

Aldo se foi, chamado após cumprir sua missão aqui neste plano, deixando a mesa vazia de sua presença física.

Silenciaram os cliques de sua câmera e apagou-se o flash. Mas, sua imagem continua muito viva dentro de nós, com aquela luz de candura que ele sempre irradiou com sua presença, não só no Cantos & Contos, mas onde tivesse uma manifestação cultural autêntica, como os programas Sala de Reboco, Nordeste Sim Sinhô e Ser Tão Nordeste.

Onde tivesse um bom forró, o toque do fole, o triângulo e a zabumba, lá estavam Aldo Matias, D. Cícera, a câmera fotográfica e muita alegria.

É essa imagem que nos conforta. Descanse em paz!

Spread the love