Cláudio Rios e Caninana do Forró na gravação do Cantos & Contos desta quarta-feira, 15

ClaudioRiosCaninana grav15102014 Site1

ClaudioRiosCaninana grav15102014 Site1
Nesta quarta-feira, 15 de outubro, no Bar e Restaurante Bessa Grill, haverá gravação do Cantos & Contos com a participação de Cláudio Rios e Caninana do Forró. No programa que é apresentado pela dupla Os Nonatos, as gravações começam às 19h30 e a antrada é franca.

Cláudio Rios

Uma carreira que contabiliza um trabalho de seis LP’s e sete CD’s que, juntos, somam mais de 500 mil cópias vendidas e uma agenda repleta. Um carisma que lhe fez conferir o título de “Vaqueiro do Forró” o “Rei das Vaquejadas”. Este é o resumo da trajetória do cantos e compositor Cláudio Rios, alagoano de São José de Lage, que ingressou na vida artística em 1985, inicialmente como locutor de vaquejada e aboiador.

O talento daquele jovem passou a ser admirado pelo público e não demorou muito para surgir a primeira gravação. Em 1988 o incentivo dos primeiros admiradores levou Cláudio Rios a gravar um vinil com Aboios e Toadas. Com seu canto afinado e letras que falavam de amor, gado e traição agradou em cheio o público.

A partir desse primeiro trabalho, o cantor ultrapassou as fronteiras de Alagoas. Apresentou-se em Parques de Vaquejadas de todo Norte/Nordeste e hoje é referência qualquer festa de gado que se realize na região nordestina.

Músicas como “Me lace o touro, Todo mundo é bom, Choveu no meu Sertão e É o boi, o cavalo e o vaqueiro” fizeram muito sucesso. Entretanto, Cláudio Rios despontou mesmo foi em 1991 com a música “Canção do Lenço” e “São João em São Miguel”, uma bonita homenagem à cidade que realiza um dos grandes festejos juninos de Alagoas.

O forró dele inclui uma mistura de ritmos como Xote, Baião, Galope, Arrastapé; e, acompanhando também a tendência natural da música, que é inovar, ele acrescentou ao repertório o balanço gostoso do vaneirão, uma batida contagiante do Rio Grande do sul.

Para Cláudio Rios o forró é a expressão maior do sentimento musical nordestino. E vai mais além: “Enquanto houver um forrozeiro, um cantador e uma sanfona o forró permanecerá vivo.

A participação de Cláudio Rios no Cantos & Contos é um show no coração cantador do povo brasileiro. Venha conferir!

 

Caninana do Forró

Começou a carreira artística aos 12 anos de idade, tocando triângulo com o sanfoneiro Tetê Matias. Depois, começou a cantar no grupo Os Máscaras do Forró. Em 2001 se dedicou a tocar sanfona e montou um grupo de forró pé-de-serra chamado de Nildo do Acordeom.

Em 2005 ganhou o nome artístico de Kaninane do Forró e com muita luta conseguiu montar sua própria banda, tempos depois. O sanfoneiro conseguiu o que poucos conseseguem ao se lançarem em carreira solo. Morando ainda no distrito Cajazeiras do Jiló, município de Tarrafas-CE, começou a fazer shows nas cidades, a exemplo de Assaré, Antonina do Norte, Saboeiro, Farias Brito, Jucás, Cariús e Várzea Grande.

Dois anos depois, conheceu o consagrado poeta, compositor e sanfoneiro Dorgival Dantas. Admirado com o seu talento, Dorgival  firmou uma parceria com o artista, que passou a se chamar Caninana do Forró. E foi assim que surgiram grandes sucessos de Dorgival Dantads na voz dele: Mulher Ruim, Amor de Novela, Paixão Errada, Quanto custa, Ponto Interrogado não é Reticência, Aviãozinho, Corre Corre Cavalinho e tantos outros que estão na boca do povo por onde passa.

Caninana do forró já lançou 6 CD’s e 2 DVD’s com todos esses sucessos, que ele também já trouxe para os fãs do programa Cantos & Contos.

Spread the love