Morre, aos 62 anos, o poeta João Paraibano após quase um mês de atropelamento por moto

CC Exib 01062014 10x7 Fac

CC Exib 01062014 10x7 Fac
Morreu na madrugada desta terça-feira (2) o poeta paraibano radicado em Pernambuco, João Pereira da Luz, de 62 anos. João nasceu na cidade paraibana de Princesa Isabel, mas vivia há muitos anos na cidade de Afogados da Ingazeira, localizada no Sertão do Pajeú Pernambucano. 

Após ser atropelado por uma moto no dia 3 de agosto quando atravessava uma rua na área central de Afogados da Ingazeira, o poeta foi socorrido e levado a um hospital local. Após passar por exames, os médicos decidiram que ele deveria ser transferido para o Hospital da Restauração, no Recife, para observar um coágulo que se formou no crânio. Posteriormente, o poeta foi transferido para o Hospital Alfa, em Boa Viagem, onde permaneceu seus últimos dias.

Na última quarta-feira (27), o médico-cirurgião João Veiga afirmou que João paraibano tinha quadro de insuficiência pulmonar agravada por infecção, um estado considerado grave. A situação se agravou e gerou uma infecção generalizada, que o levou à morte.

A produção do programa Cantos & Contos, os apresentadores Nonato Costa e Raimundo Nonato, os telespectadores e fãs da cantoria lamentam profundamente essa perda para a cultura paraibana, nordestina e brasileira, ao tempo que enviam os votos de pesar à família enlutada.

Spread the love