DOMINGOS SEM DOMINGOS

Dominguinhos 1

Dominguinhos 1Haverá festa?

Este será o primeiro São João sem os acordes e as harmonias de seu Domingos. Não mais se ouvirá a sua voz bonita nem o toque da sanfona agarrada ao seu peito, amigos inseparáveis. Durante muitos são Joões saíram, ele e sua companheira de som, pelo mundo enfeitando a alma e o coração do nosso povo.

Sua humildade, sua generosidade, estão em outra dimensão. Quem conviveu com o Mestre sabe do que estou falando, da falta que ele faz nesse cenário musical tão degradado, tão pouco valorizado. Sua música, enorme como ele, ecoará pela eternidade e as flores por ela regadas continuarão a florescer dando-nos esperança de que a arte verdadeira prevalecerá. Sempre!

Mas posso garantir que haverá festa, sim. É isso o que ele mais gostava de fazer. E a festa será bonita, apesar da saudade maior que imensa de sua voz, de sua sanfona, de seu sorriso, de seu abraço e do aconchego de sua presença física. Em nossos corações o Mestre está vivo e assim permanecerá.

Salve Dominguinhos!

 

Texto do poeta Chico Bizerra

Spread the love